Atacadão do Polo

Atacadão do Polo
www.atacadaodopolo.com.br

terça-feira, 3 de maio de 2011

Moda Center Santa Cruz do Capibaribe

Foi inaugurado em outubro de 2006 o maior parque de confecções da América Latina, na cidade de Santa Cruz do Capibaribe. O gigante construído no Agreste Pernambucano Setentrional e denominado de "Moda Center Santa Cruz", distante do centro 3 km, que abriga de modo permanente, a feira de confecções que antes funcionava como feira livre no centro da cidade. Construído em 65 hectares ao lado da cidade de Santa Cruz do Capibaribe a 180km do Recife, que com Toritama e Caruaru formam o destacado triângulo das confecções em Pernambuco.

Números do Moda Center

  • 320 mil m² de área total.
  • 120 mil m² de área coberta.
  • 9.624 boxes de feira
  • 707 Lojas
  • 6 Praças de Alimentação com 42 restaurantes e 174 lanchonetes.
  • Setor bancário.
  • Postos de saúde, segurança e informações.
  • Oito conjuntos de sanitários com 179 gabinetes.
  • Estacionamento para mais de 4.000 veículos.
  • 48 Dormitórios com 3.000 leitos.
  • Área de show para 50.000 pessoas.
  • Pólo de Confecções do Agreste

    Santa Cruz do Capibaribe é o principal ponto de escoação e vendas de confecções de Pernambuco, que com Toritama e Caruaru formam o destacado triângulo das confecções.Hoje segundo o SENAI Santa Cruz do Capibaribe é o segundo maior pólo de confecções do Brasil, superada apenas pela cidade de São Paulo,possuí o maior parque de confecções da América Latina em sua categoria, o Moda Center Santa Cruz . Em 1953, Santa Cruz do Capibaribe de vila se tornou cidade. Como tantas que sobrevivem do feijão, milho e outras culturas de sobrevivência e já existindo as tradicionais colchas de retalhos, saiu da rotina, alguém de forma inteligente, ao separar os retalhos de tecidos, usou os de maior tamanho para confeccionar shorts, que desta forma, lhe daria mais lucro. A nova ideia se multiplicou em todas as costureiras da região e, por se tratar, na época, de algo reciclável, o preço daquele produto era irresistível, ganhando qualquer concorrência. Como o produto era de fácil venda, os homens se transformaram em mascates e percorreram inúmeras feiras do nosso nordeste, vendendo os produtos, enquanto as mulheres em casa, usando de criatividade, inovavam produzindo outros artigos de vestuário, como: saias, blusas, camisas, conjuntos infantis, anáguas e outras. Nos anos 90, novos mercados eram conquistados, e se tornou O Maior Pólo de Confecções do Nordeste.Toritama se destaca na produção de Jeans sendo o uma das maiores produtoras do Brasil e possui o Parque de Feiras onde fica concentrado o comércio da cidade, e onde é escoada toda a produção. O desfavorecimento do solo e um rio que não é permanente tanto sua maioria da estação seco sem água abundante para a irrigação fez com que a população buscasse a sobrevivência em atividades industriais, inicialmente com a fabricação de calçados, que fez do município um pólo calçadista de destaque na região durante a década de 70. A atividade declinou-se em decorrência da grande concorrência da indústria de grandes calçadistas, que fez com que as fábricas de calçados de couro entrassem em declínio falindo em pouco tempo. Isso obrigou a população a procurar outra forma de trabalho. Como não poderia ser na área agrícola ou pecuária, optou-se pela fabricação de jeans industrial começando com retalhos, a atividade proliferou rapidamente sendo que 15% das confecções feitas com jeans produzido no Brasil vem de Toritama. Já em Caruaru a produção é escoada através da Feira de Caruaru, é conhecida como a maior feira livre do mundo. Grande parte do que é vendido na Feira de Caruaru é produzido nas cidades de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama.

    ACESSEM WWW.ATACADAODOPOLO.COM.BR
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário